Prefeito de Macaubal avalia 2015

Prefeito de Macaubal avalia 2015

Dorivaldo Botelho (Kiko),

A grave crise financeira que assola os municípios e estados brasileiros, somado ao fato da prefeitura possuir muitas dívidas das administrações anteriores, tornaram o ano muito difícil para o prefeito de Macaubal, Dorivaldo Botelho (Kiko). E se agravou ainda mais, pois a manutenção do Executivo encareceu devido a reposição inflacionária. Para 2016, espera finalizar a construção de mais uma UBS e a ampliação da unidade já existente. Sobre as eleições, ainda não definiu nada, pois está focado na gestão do município nesta época de dificuldades.

Jornal A Voz do Povo: Como o senhor avalia este ano de governo?
Kiko:
Um ano muito difícil, tendo em vista a grave crise financeira que assola os Municípios e Estados brasileiros, somado ao fato de que a Prefeitura de Macaubal possui muitas dívidas oriundas das Administrações passadas, não sendo possível equilibrar as contas públicas, pois, frequentemente, temos que acertar contas de dívidas pretéritas. Como houve uma queda na arrecadação e tudo aumentou, mau conseguimos honrar a folha de pagamento, por isso não sobra absolutamente nada para o investimento no município.

Jornal A Voz do Povo: As constantes denúncias no governo federal aliada a crise econômica afetaram de que modo a sua administração?
Kiko:
Com relação a isso, o que afetou diretamente foi a queda na arrecadação. A situação de Macaubal é muito complicada, haja vista que o município depende quase que exclusivamente desses repasses e com a queda tudo fica mais difícil, sobretudo porque a manutenção da Prefeitura encareceu, pois houve a reposição inflacionária na remuneração dos servidores, aumento dos combustíveis, aumento de energia elétrica, aumentos dos insumos em geral, ou seja, tudo aumentou e a arrecadação total caiu, portanto, a situação não é nada boa para os pequenos municípios, inclusive Macaubal.

Jornal A Voz do Povo: Estaremos iniciando o último ano do atual mandato, em seu município há muitas obras em andamento? Em sua opinião, há tempo hábil para entrega de todas?
Kiko:
Estamos finalizando a construção de mais uma UBS em parceria com o Governo Federal e também a ampliação da unidade já existente, além de já ter conseguido no Governo Estadual a liberação da construção de 120 casas pelo CDHU e a construção de mais uma Creche que irá beneficiar toda a população. As unidades de saúde iremos conseguir entregar.

Jornal A Voz do Povo: Quanto as eleições que acontecerão em 2016, qual sua posição?
Kiko:
Ainda não defini absolutamente nada. Estou focado na gestão do município que enfrenta grandes dificuldades. Na época oportuna vou sentar e decidir qual será o caminho que vou tomar.

Jornal A Voz do Povo: Considerações finais...
Kiko:
Quero desejar um Feliz Natal e próspero Ano Novo a toda população de Macaubal e podem ficar certos de que eu, neste mandato, com trabalho e dedicação, espero proporcionar a todos os munícipes uma boa qualidade de vida. Tenho orgulho de ser macaubalense e governar esta cidade apesar de todas as dificuldades encontradas. Deixo também um abraço especial aos servidores públicos municipais que se empenham na execução de suas tarefas para a melhoria do dia a dia da população. Deus abençoe a todos.