Aluna de Macaubal é destaque na 7ª Olimpíada de Língua Portuguesa

Aluna de Macaubal é destaque na 7ª Olimpíada de Língua Portuguesa

sexta-feira, 8 de outubro de 2021

No último dia 01 de outubro, o Diretor Executivo de Educação Edson Fernandes Filho juntamente com o Prefeito Acácio Tardoque Ferreira, celebraram a honrosa participação da aluna Maria Rita Naves Teixeira de Souza na 7ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa.

Na oportunidade, a aluna foi parabenizada pelo desempenho, assim como o professor responsável e a equipe da E.E. “Porfírio Pimentel” pela condução da formação de seus alunos.

A Prefeitura Municipal, através da Diretoria Municipal de Educação, se orgulha em homenagear e apoiar os alunos e filhos de Macaubal no seu processo de ensino aprendizagem.

Confira a redação da homenageada

“Eu vivo no que pode ser considerado a definição de paz, acordo com os pássaros e as primeiras frestas do raiar do sol, assim que saiu, posso desfrutar de ar puro com cheiro de capim e orvalho fresco da madrugada. Tenho a oportunidade de desfrutar coisas, como, tomar leite direto do curral, presenciar o início e final de vidas da fauna e flora, plantar e colher de tudo que o solo pode nos proporcionar, construir e preservar as marcas que cada geração passada da minha família aqui deixada. Neste lugar estamos longe de passar fome, várias plantações e minhas vacas até atendem pelo nome. De ponta a ponta o Brasil tem boiadeiro movimentando tudo e eu tenho o maior orgulho de estar entre eles.

Aqui eu pude aderir mais conhecimento e experiência com o passar dos dias, onde aprendi a obedecer e mandar, tive minhas piores quedas e maiores conquistas. O lugar onde vivo é uma fazenda, mas não qualquer fazenda. Aqui está enraizado em cada hectare todo o sangue e suor que minha família derramou para chegarmos até aqui e minhas pretensões são de não deixar que tudo seja em vão. Aqui eu posso ter o contato direto com a mais importante economia do mundo, já quem sem ela você não consegue nem sequer comer.

Este lugar me criou para criá-lo, fez-me ser essa apaixonada pela agricultura e agropecuária. Quem vê esta fazenda grande e cheia de gado não sabe a metade, meu pai foi correria derramando um suor lascado e eu farei faculdade. Pois a primeira terra que arei, o primeiro cavalo que andei e a primeira cana que plantei me fizeram a mulher que sou hoje. Então antes de tudo vou honrar cada virgula dessa longa história de agricultores sem deixar que tenha um ponto final."

Maria Rita Naves Teixeira de Souza