Produtores rurais de Macaubal adquirem armazém e secador de amendoim, pelo Microbacias II

Produtores rurais de Macaubal adquirem armazém e secador de amendoim, pelo Microbacias II




As famílias de produtores rurais da Associação dos Produtores Rurais de Macaubal (Apruma) terão melhores condições de agregar valor à produção com o armazém e equipamentos adquiridos pelo Projeto de Desenvolvimento Rural Sustentável – Microbacias II – Acesso ao Mercado. A estrutura foi inaugurada no dia 1º, pelo secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Francisco Sergio Ferreira Jardim. “Essa conquista é fruto da organização dos produtores rurais. Sinto-me orgulhoso de vê-los assumindo o controle, sem depender de atravessadores e podendo negociar o melhor preço. O mundo cobra produtos éticos com sustentabilidade econômica e ambiental. Aqui se produz com ética”, destacou o secretário.

No total, foram investidos R$ 1.590.810 para construção do armazém, instalação de balança rodoviária e de máquinas para secagem do amendoim, sendo R$ 800.000 apoiados pelo Governo do Estado com recursos do Banco Mundial, e a contrapartida de R$ 790.810 da organização. “Nossa associação foi fundada há apenas 28 anos, temos dificuldades, às vezes, algumas divergências, mas tudo isso tem sido superado”, afirmou agradecido o presidente da entidade, Osni Evangelista de Souza. O prefeito João Florentino Neto comemorou os ganhos que serão obtidos pela associação e o retorno ao município. “Antes, os produtores colhiam mas não tinham como armazenar e beneficiar amendoim, dependendo sempre de atravessadores. Hoje, eles podem fazer a pré-limpeza e transportar o amendoim diretamente para a indústria”, explicou. “O Brasil está num período de crise, mas tem a chave para o crescimento: a agricultura. E vocês têm um instrumento para ampliar a capacidade de produzir, gerar renda”, afirmou o deputado federal, Arnaldo Jardim. “O produtor se organizou e se preparou para receber o apoio da Secretaria de Agricultura”, disse o deputado estadual Itamar Borges. “É uma associação jovem, mas muito forte e determinada, com produtores que querem melhorar a produção”, afirmou o deputado estadual Carlão Pignatari.

Motivação: A iniciativa pelo Microbacias II motivou os produtores, dando-lhes maior confiança para negociar preços melhores. A engenheira agrônoma do município e chefe da Casa da Agricultura de Macaubal, Sandra Testa, acompanhou de perto a mudança. “Os produtores até conseguiam um preço melhor, mas os compradores desistiam ao saber onde estava a mercadoria e preferiam comprar direto dos armazéns. Hoje, o saco de amendoim que valia R$ 30, é negociado por R$ 44”, disse, destacando também a agilidade no descarregamento da produção. “Os produtores enfrentavam dias de filas, deixavam o caminhão parado. Hoje, descarregam de manhã e podem voltar no mesmo dia”, disse. “O Microbacias II é um projeto que reduz custos e permite que o produtor valorize sua produção”, completou o diretor do Escritório de Desenvolvimento Rural (EDR) de General Salgado, Sidney Ezídio Martins.

Estradas Rurais: Graças a um dispositivo do Microbacias II, os municípios que têm associações ou cooperativas participantes do projeto contam com recursos do Governo do Estado para readequação de estradas rurais, facilitando o escoamento agropecuário e melhorando o acesso da população. Em Macaubal, foram readequados quatro trechos das estradas MCB-010 (3,5 km), MCB-353 (0,5 km), MCB- 134 (3,15 km) e MCB-059 (4,20 km), totalizando 11,35 km de vias, com um investimento de R$ 698.024,72. “Facilita não só a vida do produtor, como permite acesso a serviços de saúde, melhora as condições de transporte escolar, dá qualidade de vida à população”, finalizou o secretário Francisco Jardim. (Fonte: Secretaria Agricultura SP)

Galeria de fotos